4 de jun de 2019

Maioria rejeita as armas. O presidente é selvagem; o povo, não


Estranhamente inédita, até que o colunista Lauro Jardim, de O Globo, a divulgasse, uma pesquisa do Ibope feita em meados de março – antes, portanto, do “liberou geral” do porte de armas decretado por Jair Bolsonaro- mostra que a maioria dos brasileiros não quer a permissão nem para ter armas e menos ainda para portá-las em via publica.

A noite O Globo publicou os números detalhados e o gráfico que resumo acima.

Como seria de se esperar, o grupo mais vulnerado pela violência, as mulheres, apresenta taxas de  rejeição tanto à posse quanto ao porte de armas.

Entre as regiões, só no Sul o direito de possuir arma de fogo aproxima-se da maioria, com 48% a favor. Aproxima-se, apenas, porque 51% são contra.

Nas periferias das grandes cidades, areas com maior índice de violência no país, 70% dos entrevistados da periferia são contrários à posse de armas e 75% rejeitam o porte. Nas capitais, a rejeição e de 62% e 72%, respectivamente. No interior,  58% e 72% rejeitam posse e porte de arma.

Resta agora saber quantos dias mais o Supremo dormirá sobre o pedido de anulação do decreto “bangue-bangue” de Jair Bolsonaro.

Ah, a propósito, será que o Ibope vai explicar porque escondeu esta pesquisa durante dois meses e meio e “limpou a barra” para Bolsonaro liberar o armamento dizendo que fazia “a vontade do povo”?

Fernando Brito
No Tijolaço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.