26 de jun. de 2019

Glenn, o terrível


Glenn Greenwald deu um baile memorável na Câmara dos Deputados, onde se divertiu descaradamente diante da indigência intelectual da maior parte de seus interrogadores, mormente dos bolsonaristas do PSL, a legenda mais cheia de imbecis que já passou pelo Congresso Nacional.

Inteligente, bem humorado e com todas as respostas na ponta da língua, Glenn pairou sobre o show de ignorância, demência e homofobia que desfilou sob seu olhar, durante a audiência pública, na Câmara dos Deputados, na qual foi falar sobre os arquivos do The Intercept Brasil.

Mesmo sendo americano e sem saber falar português corretamente, tornou-se o mais importante jornalista do País. 

Vê-lo enfrentar a manada bolsonarista, a quem humilhou e trucidou com enorme elegância, nos deu a exata dimensão da pusilanimidade da nossa mídia e de seus miquinhos amestrados disfarçados de repórteres.

Sozinho, resgatou o orgulho e a dignidade do jornalismo pátrio. 

Vida longa a Glenn Greenwald.

Leandro Fortes, jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.