9 de mai de 2019

Prisão de Temer atrapalha a liberdade de Lula

Xavier: Histeria punitivista joga a favor da ruína da Constituição


O Conversa Afiada publica artigo sereno (sempre!) de seu colUnista exclusivo Joaquim Xavier:

Comemorar a volta de Michel Temer e do Laranja Lima à prisão é uma estupidez. Saudar a decisão de um Tribunal Regional Federal – da mesma sopa dos tribunais que condenaram Lula a viver numa solitária — é agir como biruta de aeroporto. Vira de lado de acordo com os ventos de ocasião.

É claro como a luz do sol que Temer, Padilha, Moreira Franco são (...) de longa data. Mas a batalha no Brasil de hoje não é a de trancafiar qualquer um sem que haja trânsito em julgado de seus crimes verdadeiros ou supostos. O combate do momento é o de respeito ao Direito básico, às regras democráticas e ao que reza o que sobrou da Constituição.

Sei que estou na contramão daqueles que, com razão e fígados compreensíveis, guardam um ódio visceral ao ladrão Temer e sua (...). Temer é uma das figuras mais asquerosas da vida política nacional. Além das acusações de ladrão, entrou para história como traidor descarado.

O coronel Laranja Lima é (...) conhecido. Eliseu Padilha foi batizado de “Eliseu Quadrilha” por Antonio Carlos Magalhães, conhecedor do riscado como ninguém. Já Moreira Franco tinha que ser mantido “longe do cofre”, conforme a opinião de gente não propriamente limpa como Fernando Henrique Cardoso.

Que sejam então julgados dentro dos trâmites legais. Que tenham direito àquilo que a maioria do Brasil quer ver acontecer com relação à Lula.

Com uma diferença gritante. Contra Lula, inexiste qualquer prova sobre crimes. Estiveram e estão em curso processos fabricados de encomenda para impedir o maior líder popular da história do país de interromper a liquidação do Brasil como país soberano.

Já contra Temer e sua turma abundam evidências de delitos comprovados em gravações, e-mails, notas fiscais, malas em pizzarias e o que mais se quiser. Sua condenação, se respeitadas normas processuais elementares, é questão de tempo.

A histeria punitivista entoada pelo ministério público repleto de falsos justiceiros tem que ser interrompida. Que todos sejam julgados de acordo com o que diz a lei. Pouco importa quando Temer e sua troupe vão ver o sol quadrado, desde que no momento devido.

De minha parte, considero que a melhor punição é recuperar tudo o que foi roubado, assim como tem que acontecer com Paulo Maluf, por exemplo. Que vá morar num albergue ou quitinete, sem as benesses obtidas graças ao roubo de dinheiro público. Essa é a melhor punição.

Celebrar a prisão de Temer equivale a esquecer que a liberdade de Lula é o objetivo principal. É uma doença infantil. Só faz desorientar o povo sobre o caminho a seguir.

Joaquim Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.