4 de mai de 2019

Moro & Damares


Moro e Damares têm que ficar no governo.

Não tem essa de ficar jogando balão de ensaio, com a ajuda de jornalistas amigos, para justificar uma fuga descarada.

Moro e Damares são os padrinhos mágicos do Bozo, Hermes e Afrodite dessa mitologia tosca na qual o principal ídolo é uma Hidra de muitas cabeças dementes.

Cada um com suas loucuras e irresponsabilidades é responsável pela construção dessa imagem apodrecida e ridícula do Brasil atual diante do mundo, da civilização humana.

Moro e Damares são personagens fixos dessa tragédia, não podem sumir, não podem morrer, muito menos se furtar ao julgamento da História.

Moro, o homem que prendeu Lula para que Bozo fosse eleito e, ato contínuo, virar uma paródia de super ministro. Não virou nada, só uma caricatura do juiz que nunca foi.

Damares, a pastorinha da goiabeira, a rainha louca da Bozosfera, é a síntese do hospício montado em Brasília.

Moro e Damares devem ficar, até o fim.

Leandro Fortes, jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.