28 de abr de 2019

Substituto de Moro assume os lemas de Bolsonaro e passa a atacar o STF

ERRATA: Perfil de substituto de Moro não é oficial

O Jornal GGN pede desculpas aos leitores e ao juiz federal Luiz Antônio Bonat pela informação inicialmente divulgada, sobre as publicações de um perfil no Facebook, com o nome do sucessor na Vara Federal de Curitiba para comandar os processos da Operação Lava Jato.

Verificamos que o perfil não é oficial, sendo as publicações de conotação política e de ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) de autoria dos criadores não identificados.

Se a rede social revelaria alguma postura ou afinidade política do juiz que assumiu o comando da Lava Jato no estado, uma mensagem escrita no dia 25 de janeiro, quando foi criado o perfil, confirma que não se trata da página oficial do juiz: “Página que publicará diariamente as tarefas e trabalhos do Dr. Luiz Antônio Bonat a frente da Operação Lava Jato! Perfil de apoio, não oficial”.

Lamentamos o transtorno e sugerimos a leitura da reportagem divulgada pelo GGN sobre o perfil de Luiz Antônio Bonat, no dia 08 de fevereiro deste ano: Acesse aqui.


As ligações entre Lava Jato e o Bolsonarismo ficam mais nítidas com o Facebook do juiz Luiz Antônio Bonat, que substituiu Sérgio Moro nos julgamentos da Lava Jato.

Até então, Bonat era conhecido como um juiz maduro, discreto, profissional. Bastou a indicação para ele imediatamente aderir às bandeiras da Lava Jato e do bolsonarismo, e passar a atacar o Supremo, em ritual similar aos de iniciados em uma seita.

No dia em que foi indicado para substituir Moro, no mesmíssimo dia, Bonat alterou o perfil do Facebook com o lema bolsonariano: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. E se apresenta como “representante do Governo”. Que Estado, que nada. Qualquer semelhança com fenômenos semelhantes da Europa dos anos 1920 nao é coincidência.


Tratou também, de se incluir no mercado de marketing pessoal, anunciando que divulgaria todos seus atos à frente da Lava Jato pelo Facebook.


Assumindo definitivamente a bandeira do lavatismo-bolsonarismo, passa a fazer ctíticas pesadas ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli e ao próprio Supremo Tribunal Federal, mostrando o embricamento total entre a Lava Jato e as milícias digitais.


Luís Nassif
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.