23 de abr de 2019

Olavo cita amizade com Bolsonaro em processo contra jornalistas

Ideólogo diz que presidente "o escuta" e por isso os acusados estariam tentando macular sua imagem

Eles
Já dizia Ulisses Guimarães que, geralmente, “um bom político é um péssimo amigo”. O que se sabe até o momento é que o presidente Jair Bolsonaro é um ótimo amigo quando se trata do guru Olavo de Carvalho.

Primeiro, em campanha, rasgava elogios ao jornalista e colocou um de seus livros para ilustrar a paisagem na  live  gravada no dia de sua vitória. Ligou para Olavo para agradecer o apoio e, em seguida, pediu ao guru que escolhesse ministros de seu governo.

Tamanha deferência o induziu a crer que se trata de uma amizade sincera. Tanto que o guru não demonstra qualquer constrangimento em bombardear os aliados do presidente, como se parte do governo ele fosse.

Dia desses, a amizade alcançou os anais da Justiça. Em uma ação movida contra dois jornalistas por danos morais, Olavo os acusa de terem recebido "milhões [de reais] de governos passados" e que "por não estarem recebendo do governo atual, resolveram atacar de forma gratuita quem não tem cargo público".

Ainda segundo a petição, Olavo de Carvalho se classifica como "jornalista, consultor e amigo do presidente da República". A um dos jornalistas, o guru acusa de tentar "macular a imagem do autor, pois sabe que o presidente da República o escuta". 

A peça é assinada pelo advogado Francisco Cabrera, que recebeu procuração de Carvalho em fevereiro para mover o processo. 

Em outros tempos — não muito longínquos — amigos do presidente com passe livre do Planalto acabaram pagando preço alto pela amizade. Que o diga José Carlos Bumlai e Emílio Odebrecht, imortalizados em planilhas e delações como “amigos de Lula”. 

Ana Clara Costa
No Época

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.