30 de abr de 2019

Golpistas tentaram enganar militares em uma tentativa de golpe na Venezuela (Vídeo)


O presidente da Assembléia Nacional Constituinte, Diosdado Cabello, denunciou que vários oficiais militares “foram enganados sob o argumento de que se reuniam por outro motivos”.

Diosdado Cabello afirmou:
“Um grupo de sargentos da Guarda Nacional, oficiais e até mesmo funcionários do Sebin (…) os levaram para o local (Distribuidor Altamira) sob o pretexto de que era outra coisa. “…todos devem assumir sua responsabilidade, a responsabilidade de que há um único presidente chamado Nicolás Maduro Moros, eleito pelo povo venezuelano, único Comandante em Chefe”.
Isto foi narrado por um oficial militar que relatou o engano a que as forças de segurança foram submetidas.

“Esta é outra sabotagem do golpe que nos quer confrontar”, disse o soldado(Vídeo ao final).

Além disso, em seu discurso, Cabello disse que as autoridades descobriram que, em Caracas conspiraram funcionários do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin) e oficiais do exército. E que as autoridades bolivarianas já haviam desarmado o golpe.

Os golpistas ainda puderam tirar Leopoldo López de sua prisão domiciliar, roubaram dezenas de metralhadoras, pistolas e veículos militares. Então se dirigiram ao Leste de Caracas e ocuparam uma das mais importantes avenidas da capital. A maior parte dos militares quando descobriu, que estava sendo enganada, abandonaram os golpistas, os últimos se dirigiram a praça Altamira, onde normalmente se reunem os opositores.

Outro grupo ocupou um Shopping e estão tentando invadir a Base Militar La Carlota, o grupo de opositores possui armas de fogo de menor calibre e coquetéis molotov, até o momento não obtiveram sucesso.

Imediatamente os golpistas receberam apoio, dos Estados Unidos e alguns de seus principais lacaios, Iván Duque e Luis Almagro.

“Fazemos um chamado aos militares e o povo da Venezuela para que se coloquem do lados certo da história, rechaçando a ditadura e usurpação de Maduro, unido-se a busca por liberdade. democracia e reconstrução institucional, seguindo a Assembléia da Venezuela e o Presidente Guaidó”.

E em seguida o Secretário Geral do “Ministério das Colônias”:

“Saludamos a adesão dos militares, a constituição e ao presidende encarregado da Venezuela Guaidó. É necessário o mais pleno respaldo ao processo de transição democrática pacífica OEA com Venezuela”.

E John Bolton, novamente se dirigiu ao Ministro da Defesa da Venezula, o

Genral Vladimir Padrino López. Mas se Guaidó havia conseguido “apoio da maioria dos militares”, porque Bolton precisa pressionar o Ministro? A seguir o Tweet:

@Padrino a FANB deve proteger a Constituição e o povo venezuelano. Deve ficar ao lado da Assembléia Nacional e das instituições legítimas contra a usurpação da democracia. Os Estados Unidos estão com o povo da Venezuela.

Padrino em discurso a poucos minutos afirmou:

A Miraflores não se chega pela violência, e os que querem chegar a Miraflores pela violência serão derrotados pela violência… Não pensem que estão brincando com crianças, respeitem as Forças Armadas Bolivarianas.

A seguir vídeo do solado que denunciou as mentiras da oposição:



Douglas Finger
No GeoNotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.