21 de abr de 2019

Conterrâneos Velhos de Guerra | Sagrada Terra Especulada


A Construção de Brasília só foi possível com a exploração desumana de operários. Jornadas de até 16 horas, várias mortes, comida ruim e repressão policial a qualquer revolta. Um episódio conhecido foi o massacre da Fernando Pacheco, quando trabalhadores se rebelaram contra as condições de trabalho durante o dia e foram covardemente massacrados na noite. Veja no documentário “Conterrâneos Velhos de Guerra”, do cineasta Vladimir Carvalho.

Em 1959 pessoas de diversas partes do Brasil, porém especialmente do nordeste, chegam à Brasília para trabalhar na construção da futura capital brasileira. Assim como os canteiros de obra se espalham no meio do nada, os abusos aos trabalhadores também. As histórias dessas pessoas que ficaram conhecidas como candangos, as humilhações que sofreram, e as péssimas condições de trabalho levaram a um grande número de mortes.




Sagrada Terra Especulada - a luta contra o setor noroeste

Filme de guerrilha feito no calor do momento da pressão exercida pelo estado e a especulação imobiliária para a construção do bairro setor noroeste no Distrito Federal. A vida dos indígenas Fulni-ô, Kariri-xocó e Tuxá, além dos indígenas passageiros, é ameaçado com as ações do governo Arruda, continuaram no governo Agnelo e duram até hoje. O filme da nome aos bois dos políticos e burocratas envolvidos nessa falsa promessa de sustentabilidade, já que o bairro é vendido como "verde".

Direção, roteiro e edição: José Felipe e Chico Furtado (Zé Furtado)

Narração: GOG

Animação: João Gabriel (JG)

Prêmios:

2011 Premiado como segundo melhor filme longa­metragem, prêmio câmara
legislativa(CLDF), no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, 2011.

Selecionado:

2012 Cinesul ­ Festival Ibero­Americano de Cinema e Vídeo 2012, 19ª edição
Mostras Temáticas: Cinesul Ambiental ­ Rio + 20
2012 Cinecipó ­ II Festival de Cinema Ambiental da Serra do Cipó


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.