22 de mar. de 2019

Xavier é contra a prisão de Temer

Tretas descobriu agora que ele rouba há 40 anos!


O Conversa Afiada publica uma suave (sic) martelada do colUnista Joaquim Xavier no genérico do não vem ao caso Moro:

O estardalhaço causado com a prisão de Michel Temer é explicável e previsível. Temer liderou um golpe contra uma presidenta eleita, da qual era vice. Traidor de alto a baixo, planejou um programa de “reformas” que na verdade aplainou o terreno para um militar limítrofe completar o serviço. Deixou o governo com a popularidade no chão.

Antes disso, durante décadas serviu-se de propinas para engordar seu patrimônio. Reportagens imperdíveis na Carta Capital, de autoria de André Barrocal, exumaram os inúmeros escândalos protagonizados pelo golpista. Irrefutáveis.

Mas o maior crime do peemedebista foi sepultar traços de democracia no país com a quartelada jurídico-policial-militar-parlamentar e midiática, irrigada pelo grande capital, contra governos comprometidos com o Brasil. Sobre isso, pairou um silêncio cúmplice de toda esta gente, tucanos à frente.

As provas contra Temer sempre foram abundantes. Mas o importante era esmagar Lula, contra o qual uma única prova foi apresentada. Nesse período, com suas mesóclises e gestos de Mister M, Temer fazia o serviço à la carte. No escurinho do Jaburu, conspirava com empresários malfeitores. “Tem que manter isso”.

Agora perdeu a utilidade, a não ser como peão movido de acordo com os interesses do capital gordo. Nesse esquema, entram procuradores que só “descobrem” o que querem encontrar, presidentes alucinados que desabam em pesquisas como o atual e gente como Sérgio Criminoso Moro, rebaixado à condição de lambe-botas de um capitão praticamente expulso do exército.

O despacho de Marcelo “Tretas” para justificar a prisão de Temer chega a ser risível. Diz que o ex-presidente golpista lidera uma organização criminosa há...quarenta anos! Só descobriram agora? Como deixaram alguém assim tomar de assalto a presidência? Ah, durante este tempo “Tretas” devia estar mais preocupado em garantir auxílio-moradia em dobro, embora ele e a mulher morem numa mansão alada no Rio.

Se tem alguma lição para o povo, a prisão de Temer serve sobretudo para escancarar a injustiça cometida contra Lula. Deixaram um ladrão de quatro décadas assumir a presidência e impediram o maior líder popular da história de disputar uma eleição em que era franco favorito.

Entre os defensores da democracia e do império do Direito com D maiúsculo, é preciso muita calma nesta hora. As “prisões preventivas” por aqui transformaram-se em prisões quase perpétuas. São moedas de troca para implantar projetos de arruinar o Brasil.

Não se assustem, mas sou contra a prisão de Temer e Moreira Franco sem que os devidos processos legais sejam encaminhados. “Tretas” diz que o golpista ameaçava a ordem pública. Ora, ele investiu contra a ordem pública ao protagonizar um golpe! Mas nunca foi incomodado, porque “não vinha ao caso”. Agora virou um troféu para mostrar a imparcialidade mentirosa da justissa nativa.

Qualquer inquérito honesto conduzido dentro da lei prevista na Constituição irá concluir que Temer e Moreira Franco são bandidos. Assim como vai provar que Lula é inocente. Pode parecer contraditório, mas a prisão de Temer é mais uma evidência de que no Brasil a lei vem sendo substituída pela ética do faroeste do dinheiro grosso.

Joaquim Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.