30 de mar. de 2019

Tudo pelos Ares - Amor e Cólera em Tempos de Lava Jato



Uma trama ficional ambientada em circunstâncias históricas reais. Aborda amor, crimes, mistérios, conspirações. Provocativo e instigante, cativa e surpreende o leitor da primeira à última página.

Paixão e Política nos Trópicos

Um país e o imponderável de sua política. 1930. Uma revolução pelo voto secreto se transforma em ditadura. 1945. Uma constituinte para resgatar a democracia logo proíbe a existência dos partidos de esquerda. 1955. Premido por denúncias de corrupção e por uma imensa impopularidade, o presidente da República se mata e sai da vida para se fazer mito. 1964. Tenentes que tramavam um golpe desde 1922, agora generais, chegam ao poder e estabelecem uma outra ditadura. 1992. O primeiro presidente eleito pelo voto direto depois da ditadura militar sofre impeachment por estar envolvido num chamado mar de lamas.

Tem razão o jornalista e escritor Fernando Moraes ao dizer que a realidade brasileira supera qualquer inventividade da ficção. Ainda bem que o escritor José Nivaldo Júnior não ouviu tais conselhos. Apanhou os rumos incertos e surpreendentes de nossa história recente e ficcionou um enredo noir no qual o suspense e a tensão ditam o ritmo narrativo.

Um estranho personage, JB, se toma de amores pela deslumbrante Elisa. E tudo que parecia descambar para uma tórrida história de amor, envolvida pelas condicionantes políticas, deriva para uma trama policial que quebra a nossa tradição narrativa. Sempre visto como um gênero menor, aqui o romance policial ganha cores novas, não por acrescentar o molho político em sua receita, mas por buscar uma linguagem refinada que não se deixa evoluir para o pedantismo.

Os toques de realidade, no entanto, levam à reflexão. Até que ponto os interesses econômicos domam a política? Até que ponto a lealdade faz parte do jogo? Política, sabemos desde os escritos de Maquiavel, é o ambiente natural dos interesses nem sempre republicanos. Cabe a cada personagem envolvido, inclusive o indescritível povo, usando as armas de que dispõe, melhor ajustar seus benefícios no meio de todo o imbróglio.

Assim não importa saber onde se escondem verdades e imaginações neste romance. Vale confirmar as possibilidades da natureza política. E usar o conhecimento para melhor refletir sobre os ambientes do poder ou tão somente se divertir diante de uma excelente narrativa,

Maurício Melo Júnior

Obrigado José Nivaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.