4 de mar de 2019

Suspeito de estuprar dois coroinhas, padre é preso no interior de SP

Ele
O padre Cláudio Cândido Rosa, de 43 anos, suspeito de estuprar dois coroinhas menores de 14 anos na paróquia em que atuava, em Presidente Epitácio, extremo oeste do Estado de São Paulo, foi preso na quinta-feira, 28, depois de se apresentar à Polícia Civil. Ele estava com mandado de prisão preventiva expedido desde o mês passado, mas não havia sido localizado.

O padre Cláudio se apresentou à polícia de Presidente Prudente acompanhado por um advogado. Ele nega as acusações, mas foi recolhido à penitenciária de Lucélia, na mesma região. A defesa informou que vai entrar com pedido para que o religioso responda às acusações em liberdade. As denúncias surgiram no fim de 2017, quando o padre atuava na paróquia de São Pedro, em Presidente Epitácio. Um comerciante da cidade procurou a polícia após ouvir relato do próprio filho de suposto abuso.

Durante as investigações, outro adolescente também fez denúncias e entregou à polícia uma foto em que o padre aparecia nu em sua residência – a casa paroquial. Em busca no imóvel, a polícia apreendeu um celular e três computadores do padre, concluindo que havia provas consistentes de crimes sexuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.