5 de mar de 2019

Olinda coloca “Bolsonaro é o carai” nas telas da televisão - assista


A apresentadora Sandra Annenberg, do Jornal Hoje, da TV Globo, estava animadíssima.

Chamou o repórter Bruno Fontes ao vivo, de Olinda, para falar sobre o Carnaval nas ruas da cidade.

O comportamento dos dois é o esperado: repórteres em geral odeiam o plantão de Carnaval, quando trabalham enquanto os outros se divertem.

Mas, a chefia espera que eles apareçam animados na tela, se possível fazendo piadas com os foliões e demonstrando a descontração associada à festa.

Sandra e Bruno cumprem seu papel de maneira perfeita. O repórter fala do bloco O Rodo, que teve de parar de tocar por causa da chuva.

De repente, o inesperado: os foliões do bloco começam a cantar o que se tornou uma febre no Carnaval de 2019: “Bolsonaro é o carai!”.

Cena tão ou mais surpreendente se passou com o repórter de uma afiliada da TV Record, também em Olinda.

Ao vivo, ele entrevista uma foliã fazendo uma pergunta óbvia: O que é que não pode faltar no Carnaval de Olinda e de Recife? É essa alegria, esse calor humano…

Entrevistada: … e Bolsonaro é o carai e Lula livre!

No vídeo abaixo, você vê uma compilação de escrachos a Bolsonaro em todo o Brasil, de centenas de milhares de pessoas no bloco de Gloria Groove, em São Paulo, ao grupo de foliões do Rio que simulou um caixa eletrônico abastecendo o laranjal da família Bolsonaro.

Divirtam-se.



No Viomundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.