31 de mar de 2019

Ministro supremo da Globo é a favor da capitalização!

Em lugar da Escola sem Partido, o Dino prefere o Judiciário sem partido!


O Barroso Ministro operário padrão da Globo deu trepidante entrevista ao Estadão, em estado comatoso (os dois?).

É um exercício em hipocrisia.

Para demonstrar que o Brasil da Lava Jato será diferente da Itália da Mãos Limpas, que botou no poder o patife do Berlusconi:

"Temos uma sociedade muito organizada, que deixou de aceitar o inaceitável"

Sim: organizada!

As milícias do Estado dele, o Rio, que o digam...


Ou não foi o Ministro da Justissa que disse que vivemos sob o comando do PCC?

"Temos uma imprensa livre!", disse o padrão global.

Quá, quá, quá!

A Globo, por exemplo, é tão independente dos bancos quanto o Banco Central e o Estadão...

"E hoje tem as redes sociais".

Que os bolsonários manipularam da forma mais despudorada e sobre o que o Judiciário se calará convenientemente.

"Temos um Judiciário extremamente independente!", garantiu o barrosal global.

Extremamente!

O Ministrário Gilmar Mendes, por exemplo, sem falar no Luiz Moradia Fux e o inigualável Dias Gaspari Toffoli!

Independentes!


"Eles querem Escola Sem Partido. Eu quero Judiciário sem partido!"

Ou "assim como existe a mão invisível do mercado, existe a mão visível do Judiciário!".

Ou, ainda Dino: "O Judiciário e o Ministério Público compactuaram com o Golpe - sem apoio constitucional - e a prisão do Lula - sem provas!"

De volta ao operário global padrão:

"A reforma da Previdência é urgente porque, senão, o País vai quebrar!"

Senão, ministro, quem quebra são os bancos!

Portanto, o ministro padrão é favor da capitalização!

Já, já, vai dar conferencias nas agencias do Itaúúú pelo país inteiro, sem falar na sala que fica na porta do mictório da Universidade de Harvard, e que simula ser de Harvard...

E imaginar que esse padrão operário entrou no Supremo por decisão do zé da Justiça, no lugar do Eugênio Aragão!

É a soma da hipocrisia com a incompetência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.