13 de fev de 2019

Carlos Bolsonaro chama ministro de mentiroso! E Frota chuta o PSL

Governo desmente o Governo pelo Twitter!


De Jussara Soares, no Globo Overseas (empresa que tem sede na Holanda para lavar dinheiro e subornar agentes da FIFA com objetivo de ter a exclusividade para transmitir os jogos da seleção):

Carlos Bolsonaro diz que Bebianno não falou com presidente: 'Mentira absoluta'

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou nas redes sociais, nesta quarta-feira, que o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, não conversou na terça com o presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista ao GLOBO, o ministro havia negado que protagonize uma crise no Palácio do Planalto e afirmou ter conversado, por mensagens, três vezes com o presidente na terça-feira.

"Ontem estive 24 horas do dia ao lado do meu pai e afirmo: É uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano (sic) que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista", disse o vereador no Twtitter. Minutos depois, Carlos fez uma nova postagem na rede social e postou um áudio enviado pelo presidente a Bebianno:

"Não há rouá suja a ser lavada! Apenas a verdade: Bolsonaro não tratou com Bebiano (sic) o assunto exposto pelo O Globo como disse que tratou." Na mensagem de voz, Bolsonaro se recusa a falar com o ministro.

— Gustavo, está complicado eu conversar ainda. Então não vou falar, não vou falar com ninguém a não ser estritamente o essencial. E estou em fase final de exames para possível baixa hoje, tá ok? Boa sorte aí.

(...)



Paga fogo o cabaré

Alexandre Fota no Anta:




Joice defende Bebianno e abre guerra com filho de Bolsonaro

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) saiu em defesa do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que foi chamado de mentiroso pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) nesta quarta-feira, 13.

"Não pode se misturar as coisas. Filho de presidente é filho de presidente. Temos que tomar cuidado para não fazer puxadinho da Presidência da República dentro de casa para expor um membro do alto escalão do governo dessa forma", disse Joice.

É um alento para o ministro que pode cair, após o escândalo das candidaturas laranjas do PSL. "Ontem estive 24h do dia ao lado do meu pai e afirmo: É uma mentira absoluta de Gustavo Bebianno que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista", escreveu Carlos.

Segundo a parlamentar, as críticas do filho do presidente Jair Bolsonaro causaram mal-estar na bancada do PSL e provocam um desgaste desnecessário para o governo.

"Quem pode fazer crítica pública é o próprio presidente da República. Esse caso expõe não só o ministro, mas também o governo do próprio presidente", declarou.

O deputado Alexandre Frota entrou na discussão e disse que o seu partido, o PSL, "não passará a mão na cabeça de bandido" no caso das candidaturas laranjas envolvendo membros da legenda. "Qualquer secretário, deputado, ministro envolvido em qualquer coisa, essa laranja podre vai cair", afirmou o parlamentar. "O PSL não é um partido de laranjas", completou.



Bolsonaro avaliza o filho e chama Bebianno de mentiroso. Só resta a ele a demissão

A saída do ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, do governo é uma questão de tempo.

A situação do ministro se deteriorou ainda mais na noite desta quarta-feira, 13, depois que o presidente Jair Bolsonaro compartilhou tweets do filho, o vereador Carlos Bolsonaro, que chamou Bebianno de mentiroso. Os três tweets de Carlos Bolsonaro sobre o assunto foram retuitados pelo perfil oficial do presidente Jair Bolsonaro. Confira abaixo.

Gustavo Bebianno perdeu força no governo após a divulgação do uso de candidaturas laranjas pelo PSL para desvio de recursos de campanha. Bebianno vinha tentando empurrar a responsabilidade para o então presidente licenciado da sigla, deputado Luciano Bivar (PSL). Mas diante da nova demonstração de desprestígio pelo presidente Jair Bolsonaro, só restará o pedido de demissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.