2 de fev de 2019

Assassinato de Eduardo Frei reacende suspeitas sobre mortes de líderes políticos brasileiros


Nos anos 70, a repressão latino-americana se uniu em torno da Operação Condor. Compartilharam informações, prisões e métodos.

A comprovação de que o ex-presidente do Chile, Eduardo Frei, foi morto pela repressão chilena reforça as suspeitas, no Brasil, sobre a morte de três das maiores lideranças civis: João Goulart, Juscelino Kubitscheck e Carlos Lacerda.

Trata-se de assunto tabu, que sequer a Comissão Nacional da Verdade ousou enfrentar, apesar do trabalho minucioso sobre a morte de JK, realizado por um grupo de professores e alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco.

Luís Nassif
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.