2 de jan. de 2019

Venezuela: Maduro afirma que nenhuma ação do exterior vai impedi-lo de assumir um novo mandato


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que as declarações de países da região e da Europa, em que afirmam que retirarão seus embaixadores para ignorar seu novo mandato, não impedirão sua posse em 10 de janeiro.

"O povo decidiu e vamos cumprir com o povo, não há possibilidade de que qualquer governo diga alguma palavra do exterior para conhecer, reconhecer ou ignorar a legitimidade democrática do governo que presidirei de 10 de janeiro de 2019 a 10 de janeiro de 2025 ", disse o chefe de Estado.

Maduro afirmou ainda que "os projetos neoliberais de direita na América Latina e no Caribe são inviáveis, e eles vão provocar o ressurgimento de uma nova onda de transformações populares". Para ele, os projetos políticos de Jair Bolsonaro, Iván Duque (presidente da Colômbia) e Mauricio Macri (Argentina) fracassarão e serão sucedidos por governos de esquerda. Ele qualificou a administração Bolsonaro de "governo de extrema-direita neofascista".

Maduro fez esta declaração durante uma entrevista com o jornalista espanhol Ignacio Ramonet, que foi ao ar na estatal Venezolana de Televisión.

Em 6 de dezembro, o presidente da Colômbia, Iván Duque, disse que pelo menos 15 países latino-americanos poderiam retirar seus embaixadores e equipes diplomáticas da Venezuela depois de 10 de janeiro.

Após as eleições presidenciais de 20 de maio em que Maduro foi reeleito, vários países ignoraram os resultados, argumentando que as eleições eram fraudulentas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.