8 de jan de 2019

Quem é que votou no Bolsonaro?

Eleitor não quer vender estatais e exige educação sexual nas escolas...


Por que o eleitor escolheu Jair Bolsonaro permanecerá um mistério por algum tempo.

Foi a facada?

O anti-petismo?

O papel devastador do Moro, que desmoralizou a política?

A insegurança generalizada?

O medo de perder poder e renda?

Para saquear o Tesouro e o Banco Central, a boca de fumo dos banqueiros?

A profunda crise econômica, com um número record de desempregados e desalentados?

Foi a CIA?

A perplexidade se aprofunda com recentes levantamentos do Datafalha.

No sábado 5 de janeiro, a Fel-lha publicou os resultados de uma pesquisa nacional realizada em 18 e 19 de dezembro: "Brasileiro rejeita privatização".

60% são contra a venda de estatais.

57% são contra reduzir leis trabalhistas.

Nessa terça-feira 8 de janeiro, a mesma Datafalha, recolhida nos mesmos dias de dezembro, revela que "a maioria defende educação sexual e discussão sobre política nas escolas".

71% querem que as escolas discutam assuntos políticos.

E 54% querem que as escolas tratem de assuntos sexuais.

Quem votou no Bolsonaro?

Não foi o Fernando Henrique, que não votou em ninguém.

Nem Ronaldo, o Fenômeno, que votou no Aécio.

Mistério profundo.

A Datafalha é uma fraude?

Ou o eleitor do Lula - contra a privatização, a favor da CLT e da educação sexual nas escolas - foi quem votou em Bolsonaro!

Provavelmente, só o José Dirceu poderá responder a essa pergunta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.