8 de jan de 2019

Jesus Sobe no Pé de Goiaba - SQN


O livro "Jesus sobe no pé de goiaba", cujo lançamento estava previsto para 30 de dezembro pela editora 'Canadense' teve a sua publicação suspensa. A obra foi divulgada até o finais de dezembro pela editora como de autoria da titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e de Mauri Filho, dono da editora. A informação e a de que a assessoria jurídica do Ministério está realizando um "pente-fino" no livro para posterior liberação. A ministra diz - agora - que não escreveu a obra.

"O livro estava em pré-venda em dezembro e custava R$ 34,90. Na ocasião, interessados também podiam fazer a compra de uma caixa com 100 exemplares por R$ 1.745."

"A editora informava até o fim do ano passado que o lançamento no dia 30 de dezembro seria às 17 horas na Igreja Nazareno, Central de Brasília, seguido de um culto, às 19 horas. No entanto, no dia do lançamento, a ministra postou em seu Instagram que o evento não iria mais ocorrer. Em uma nova foto da capa do livro onde constava apenas o nome de Mauri Filho como autor, a ministra disse que 'o lançamento do livro sobre a história da dra Damares Alves, de autoria do sr. Mauri Filho, da editora Canadense, não acontecerá mais em dezembro de 2018'. O post, porém, era sucinto e não explicava o motivo pelo qual a noite de autógrafos não iria mais ocorrer."

A matéria ainda informa que "com o embargo, a editora disse que a entrega da obra vai demorar mais do que o previsto inicialmente. Na mensagem de compra, foi informado que o livro seria enviado 72 horas após a confirmação do pagamento (...) 'Estamos dando duas opções para os leitores que já adquiriram o livro Jesus Sobe no Pé de Goiaba: aguardar a liberação do departamento jurídico do Ministério ou receber o estorno da valor pago', informa a mensagem. Questionado sobre um prazo para o envio do livro, Mauri Filho disse 'na semana que vem saberá mais'. O site da editora também retirou o livro da pré-venda, toda a publicidade de divulgação da obra e dos demais itens que vendia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.