4 de jan. de 2019

Grupo socialista da Nova Zelândia invade embaixada brasileira


O grupo socialista “Organise Aotearoa” invadiu a representação diplomática do Brasil em Wellington, na Nova Zelândia, para exigir a expulsão do embaixador brasileiro do país em razão da posse do novo presidente.

Em mensagem publicada no Twitter, a organização, que se auto-denomina como defensora do socialismo, afirma:

Nós, do OA, nos opomos ao governo do Presidente Jair Bolsonaro, que assumiu essa semana. Estamos ocupando a embaixada brasileira em Wellington, Nova Zelândia, em solidariedade com o povo brasileiro sujeito à violência do estado fascista e antidemocrático.

O grupo “Organise Aotearoa” acrescentou:

Exigimos a expulsão do embaixador brasileiro na Nova Zelândia e a retirada do embaixador neozelandês no Brasil. Não nos relacionamos com nações fascistas!

Em uma imagem compartilha nas redes sociais, membros do grupo aparecem segurando uma faixa escrita “sem relações com um governo fascista”.

Líderes do grupo ainda publicaram fotos e vídeos dentro da Embaixada do Brasil dizendo que estavam lá em solidariedade aos brasileiros.

Uma foto da vereadora psolista assassinada no Rio de Janeiro, Marielle Franco, também pode ser vista nas imagens.

Tarciso Morais
No Renova Mídia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.