23 de jan de 2019

Davos: Vamos comparar...






Bolsonaro “flopa” e é “big fail”

Imprensa internacional: ele se agarrou aos cartões...

Na Fel-lha, por Nelson de Sá:

Bolsonaro 'flopa' com discurso curto e sem respostas concretas

Para o Le Monde, Bolsonaro “se satisfez em fazer o mínimo” e seu discurso “não deve ir para os anais” de Davos. Ficou “se agarrando aos cartões, levados ao palco por auxiliar”, e “escapou das perguntas”.

O Financial Times afirmou que foi uma “aparição breve e controlada”. Que Bolsonaro, “consciente de sua reputação, fez um discurso curto e, quando respondeu perguntas, se agarrou aos cartões”.

O New York Times descreveu o presidente brasileiro como “a face do populismo” em Davos, alguém que copia o americano Donald Trump até na insistência em “vestir casaco de inverno, apesar de falar numa sala aquecida”.

O Wall Street Journal anotou, no meio de texto sobre o ambiente “quieto” no fórum esvaziado, a observação de um ex-vice-secretário do Tesouro dos EUA, sobre Bolsonaro: “Não foi de levantar plateia”.

No Twitter, a avaliação foi menos contida. Sylvie Kauffmann, que escreve no Le Monde e no NYT, falou em “fiasco [flop] de Bolsonaro em Davos”, com “curto discurso de campanha” e “evitando dar respostas concretas”.

Heather Long, do Washington Post, resumiu: “Big fail”, grande fracasso.

Alerta às elites

O venerando colunista Martin Wolf, no FT, publicou alerta a Davos: “Elites precisam refletir sobre sua responsabilidade pelo ressurgimento de homens-fortes ao redor do mundo”.

Cita novo livro sobre autoritarismo, que identifica duas características na “ascensão dos populistas autoritários”: eles “comem a democracia por dentro” e montam “governo pessoal”, inclusive com promoção de familiares. Diz que ficará “surpreso se Bolsonaro não seguir o caminho” de Filipinas e Hungria, estabelecendo “democracia iliberal, eufemismo para autoritarismo”. (...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.