19 de jan de 2019

Barraco no ninho dos bolsominions


Marcello Reis, do Revoltados Online e ex-marido da deputada federal eleita Carla Zambelli, publicou na sexta-feira um vídeo intitulado “Agente do PCC infiltrado no governo Bolsonaro a mando do MDB”.

Reis se refere a Vinícius Aquino, assessor de Alexandre Frota, a quem acusou de ser traficante de drogas.

“Ele levava cocaína para a gente quando estávamos acampados no gramado do Congresso, esperando a votação do impeachment da Dilma, em 2016”, afirmou Reis.



Barracos de família no ar

“Ele levava cocaína para a gente quando estávamos acampados no gramado do Congresso, esperando a votação do impeachment da Dilma, em 2016” disse o fundador do movimento revoltados Online em um ataque ao empresário Vinícius Aquino, de 28 anos, assessor do deputado eleito Alexandre Frota e dono da marca Pixuleco, a quem Reis acusou de ser traficante de drogas.

As acusações ocorreram após o guru da direita, Olavo de Carvalho, incitar seu rebanho contra os deputados do PSL que foram a China, chamando-os de 'jumentos', 'caipiras' e 'semianalfabetos'. A viagem foi organizada por Vinicius Aquino, acusado agora de ser o traficante oficial de drogas da direita.

Direto da China, agindo como porta voz dos parlamentares, Aquino mandou a letra para Bolsonaro: “Todos nós respeitamos o Jair, mas não vamos aceitar esses ataques dos filhos dele. Isso não é uma monarquia. Ele não é rei e os filhos dele não são filhos do rei.”

Histérica, a Deputada Carla Zambelli, telefonou para Araújo, Ministro das Relações Exteriores, de dentro da embaixada do Brasil na China, exigindo que ele se posicionasse em defesa dos parlamentares. Parece que ele desligou o telefone na cara da Deputada. A final, ele foi indicado por Olavo de Carvalho, a quem segue fielmente.

Espumando de raiva, enviaram mais um recado, agora em tom de ameaça, a Bolsonaro: 'Fernando Henrique, perdeu a reforma da previdência em 1998 por um voto, presidente. Não se esqueça.'

Alexandre Frota, então, entrou na briga, defendendo seu assessor, o cara acusado de ser traficante, dizendo que Olavo de Carvalho é um louco, e que ele, bem como os outros deputados, não devem satisfação a Bolsonaro, e viajam para onde quiserem, mas que o presidente deveria sair em defesa deles, pois quem vai conseguir os votos no congresso será ele, e não Olavo de Carvalho.

“Agente do PCC infiltrado no governo Bolsonaro a mando do MDB” foi a acusação feita mais tarde, em tom ainda mais raivoso, por Marcelo Reis, ex-marido de Carla Zambelli, referindo-se ao assessor de Frota que está na China.

“Ele levava drogas não só para mim, mas também para deputados no Congresso” - Reis, sobre Aquino.

Reis ainda se dirigiu a Bolsonaro, agora mais manso, e a Frota: “Presidente, gosto muito do senhor e dos seus filhos. Tenho carinho especial pelo Carlos, o Pitbull do governo Bolsonaro. Me identifico com ele. Carlos, protege o teu pai”, clamou. E pediu que Frota “fosse homem” e demitisse Aquino de seu gabinete. “Você não é o homem que falou que era contra as drogas? Agora seja homem e não seja gogo boy. Você agora é deputado. Demite esse cara”

Aquino, o acusado de tráfico, agora responde Reis, direto da China: Disse que não vai processar ele, pois “é um duro, não tem onde cair morto”. Afirmou que Reis “não tem qualquer moral”, é um esquecido nas redes e que “está postando isso para ganhar uns likes”.

Pancada! Aquino falou sobre o rompante de Eduardo Bolsonaro de querer desmoralizar seus correligionários, ao chamá-los de “favelados” por terem tido poucos votos, ao passo que ele e Joice Hasselmann tinham sido os mais bem votados, ele com 1,8 milhão de votos e ela 1 milhão. “Ele esquece que agora cada parlamentar tem o mesmo peso. Cada parlamentar é um voto”. E ameaçou. “Se ele vier falar nesse tom no gabinete do Frota eu quebro a cara dele.”

Ainda disse que eles não devem nada a Bolsonaro, e jogaram na cara: “Não foi o Bolsonaro que os Elegeu. (os deputados) Quando Bolsonaro estava numa cama de hospital, essa turma estava nas ruas fazendo campanha para ele.” E reclamou. “Está na hora de o governo sair em defesa dos deputados na China abertamente, já que estão lutando pelos interesses do país. Deveria exigir que parem com essa palhaçada. Isso aqui não é para brincadeira.”

Vai ter mais barraco. Essa foi a turma super capacitada que governará os rumos do nosso pobre país.

Quem viver, verá. Ou não.




Marcelo Reis, Revoltado On Line, detona Joice Hasselmann

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.