28 de dez de 2018

Mesmo preso há 9 meses, Lula é o inimigo para o capitão Bolsonaro

https://www.balaiodokotscho.com.br/2018/12/28/mesmo-preso-ha-9-meses-lula-e-o-inimigo-para-o-capitao-bolsonaro/

Não passa um dia sem que Bolsonaro e família façam algum ataque grosseiro ao ex-presidente Lula, encarcerado há 9 meses em Curitiba.

Preparados para a guerra, militares precisam sempre de um inimigo a ser abatido para justificar a própria existência.

Lula foi escolhido para ser esse inimigo.

Fora do Exército há 30 anos, o mesmo tempo em que virou político profissional do baixo clero, o capitão reformado quer herdar a popularidade de Lula como seu antagonista, combatendo-o mesmo depois da eleição.

Em suas manifestações nas redes sociais, declarações truncadas e camisetas usadas pela família no melhor estilo Collor, Bolsonaro sempre dá um jeito de alvejar Lula.

Mais de uma vez, o presidente eleito já ameaçou seus aliados com a volta do PT se não forem fiéis a ele.

Com a oposição em férias, respeitando obsequioso silêncio ao vencedor, esta é uma guerra, por enquanto, que tem um lado só.

Quando o governo começar e enfrentar seus primeiros problemas podem apostar que ele jogará toda a responsabilizado em Lula e no PT.

Afinal, ele se elegeu com os votos do antipetismo e até agora não conseguiu apresentar um programa de governo.

Com seu exótico ministério montado em feudos, em que os militares se destacam,  durante o governo de transição ele se aproximou cada vez mais dos quarteis e dos templos evangélicos.

Com bobagens como escola sem partido, globalismo, goiabeiras, kit gay, vai distraindo a distinta plateia porque até agora não conseguiu dizer o que pretende fazer no governo, além de continuar batendo nos “vermelhos”, o genérico com que identifica seus inimigos.

Amigos de verdade, além de Trump e Bibi, são tipos como o motorista Queiroz, cevado no clientelismo dos gabinetes da família.

Essa dança do poder até aqui deprimente tem prazo de validade.

A mesma rede social das fake news que o levou ao poder pode se voltar contra ele, mais cedo do que imagina, quando o eleitorado se der conta de que votou numa grande farsa.

Enquanto Guedes quebra a cabeça para ver onde pode cortar e o que vender para fechar as contas, caberá a Moro mandar prender e arrebentar para ganhar as manchetes e esconder as investigações sobre a “movimentação atípica” da conta bancária de Queiroz.

É o que nos espera nos primeiros dias do novo governo.

Nada muito animador, a não ser para os mais fanáticos e cegos de ódio seguidores do “Mito”, que continuam em campanha nas redes do bolsonarismo.

Campanha para que?, pode-se perguntar.

Faltam agora só três dias.

Bom final de semana a todos.

Vida que segue.

Ricardo Kotscho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.