14 de dez de 2018

Fux rasga decisão de Lula e manda Battisti para a cadeia

Logo, Executivo pode rever decisão da Dilma que nomeou Fux!


O "ansioso blogueiro" ouviu quatro pessoas que, pessoalmente, ouviram do candidato ao Supremo Luiz Fux dizer que ia "matar no peito" as acusações (falsas) contra Dirceu, no mensalão do PT (o do PSDB, o ministro presidente Joaquim Barbosa escondeu nas entranhas do domínio do fato).

É possível que Fux tenha procurado TODOS os petistas que estivessem envolvidos no julgamento do mensalão para prometer a mesma coisa: matar no peito.

Fux matou no peito, sim: matou no peito a Operação Satiagraha, que está provisoriamente enterrada por ele.

Fux segurou a decisão sobre o auxílio-moradia, ainda que sua filha, jovem e talentosa desembargadora, receba o auxílio-moradia enquanto mantém a propriedade de dois imóveis no Leblon, bairro de baixíssima classe baixa do Rio...

Na decisão, Fux manteve a porta escancarada para o auxílio-moradia voltar, breve!

Agora, Fux resolveu fazer um especial favor ao presidente que assume dia 1o de janeiro, com a faca nos dentes!

Para atender à Procuradora que procura o que quer achar, a Dra. Dodge, Fux anulou uma decisão do Presidente Lula que, no uso de atribuições constitucionais, manteve Cesare Battisti livre, no Brasil.

Fux entregou a cabeça do Battisti ao Bolsonaro.

Fux entende que uma decisão do Lula, por si mesma, não tem o menor valor legal.

Vale tanto quanto as reações indignadas do Aecinho.

Fux disse com aquela esperteza que se esconde sob o juridiquês:

- É da própria natureza dos atos produzidos no exercício do poder soberano (do Lula - PHA) a sua reversibilidade a qualquer momento (ele pode rasgar quando quiser - PHA), visto que amparados em juízo estritamente político (do Lula - PHA) (sim, porque as decisões do Fux não são políticas - PHA) e sujeito às conjunturas sociais, tanto internas quanto externas (e multi-planetárias - PHA)".
Tudo o que o Lula, a Dilma, o Jango e o Getúlio fizeram pode ser revisto pelo Fux, já que foram decisões, ainda que amparadas na Constituição, decisões políticas.

E, como são políticas, o Fux, um juiz "técnico", pode revogá-las.


A decisão, porém, é um tiro no pé.

Como se sabe, os bolsomínios podem fechar o Supremo com um cabo e um sargento.

Segundo os bolsomínios, ninguém vai para a porta do Supremo para defender o Ministrário Gilmar quando ele for preso.

Portanto, no mesmo camburão do Gilmar os bolsomínios podem levar o Fux.

Sim, porque se o Supremo pode reverter uma decisão derivada de um ato "político", na outra face da moeda o Executivo pode reverter uma decisão do Supremo movida por politiquismo de baixa categoria...

Por exemplo: Bolsonaro pode reverter a decisão política da Dilma que nomeou o Fux (a pedido do zé da Justiça)!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.