30 de dez de 2018

Bibi veio copiar esquema do mito & filhos


Em tempo real ao desembarque de Bibi Netanyahu no Brasil, aterrissou a notícia de que “a polícia de Isael recomenda indiciamento de Netanyahu por corrupção” [ler aqui].

Bem, uma primeira e notável diferença entre Israel e Brasil, como se percebe, é que lá, pelo menos por enquanto, a polícia não abafa.

A semelhança com Israel, por outro lado, só se confirma no resto, ou seja, quanto ao predicado de corrupção de dois personagens.

A partir dessa notícia, a viagem do “Bibi” que seria para prestigiar o “mito”, passa a ter características de uma expedição israelense científica, arranjada às pressas. O propósito, no fundo, seria vir à pátria bolsonarista para copiar e repetir as invenções e novas tecnologias de manipulação social e de geração de transe humano através da imprensa do sistema.

Afinal, Bolsonaro, Moro, Deltan Dallagnol e a turma da Globo/Lava Jato mostraram, no caso do desaparecimento do Queiroz e abafamento do escândalo milionário que teve inclusive depósito na conta da Michele Bolsonaro, como funciona o Estado Policial que protege bandidos, porque amigos; e aniquila inimigos, porque ameaçam seu projeto de poder.

As asneiras que Bolsonaro disse, de que chamaria Israel para ensinar aquilo que o nordeste aprendeu a fazer há mais de 10 anos com governos petistas, a dessalinização da água; ou, então, sobre a compra de drones para bombardear bandidos, soam como falsos álibis usados para justificar a vinda do Bibi ao país.

É óbvio que ele não desperdiçará a oportunidade, a essas alturas secundária, de consolidar a formação da Internacional da extrema-direita [ou fascista, como preferem alguns]. É ver a fotografia de horror da posse para confirmar o fenômeno.

Bibi, no fundo, veio aprender com Bolsonaro como se faz maracutaias. Ele veio copiar o esquema do mito & filhos.

[Em tempo: é necessário uma advertência a incautos: o texto não deve ser lido no sentido literal]

Jeferson Miola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.