11 de dez de 2018

Aécio e Paulinho da Força ficam na porta da cadeia!

Ministro Marco Aurélio manda polícia à casa da irmã do Aecinho


Do G1:

PF faz buscas em imóveis de Aécio Neves, Cristiane Brasil e Paulinho da Força

Equipes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal cumprem, na manhã desta terça-feira (11), mandados de busca e apreensão em imóveis do senador Aécio Neves (PSDB) e da irmã dele, Andréa Neves, no Rio e em Minas Gerais.

A procura de documentos faz parte de operação baseada em delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos do grupo J&F relataram repasse de propina de quase R$ 110 milhões ao senador Aécio Neves.

A Operação Ross cumpre total de 24 mandados de busca e apreensão em oito estados e no Distrito Federal. São investigados os crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação criminosa. (...)

Alvos da operação

• Aécio Neves (PSDB), senador e deputado federal eleito;

• Agripino Maia (DEM), senador;

• Andréa Neves, irmã de Aécio;

• Antonio Anastasia (PSDB-MG), senador;

• Benito da Gama (PTB), deputado federal;

• Cristiane Brasil (PTB), deputada federal;

• Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, deputado federal e presidente nacional do partido Solidariedade.

Além dos políticos, as buscas miram empresários que, afirmam promotores, emitiram notas fiscais frias para Aécio.

Agentes estão em prédio de luxo na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, Zona Sul do Rio, onde o senador e deputado federal eleito tem residência. Equipe também está em um imóvel em Copacabana, também na Zona Sul carioca, de Andréa.

A PF só conseguiu entrar às 7h10 no apartamento atribuído a Aécio no Rio. Há buscas em endereços ligados a Aécio e à irmã dele em Minas Gerais e em imóvel de Paulinho da Força em SP.

Andréa é considerada operadora do senador nas investigações da Lava Jato. Ela foi presa pela PF em maio de 2017 e foi solta há um ano, por decisão do ministro Marco Aurélio.

A operação no Rio é braço de investida que ocorre simultaneamente em São Paulo (capital e interior, com nove mandados), Brasília, Bahia e Rio Grande do Norte. Decorre do inquérito 4519, que tem como relator, no Supremo Tribunal Federal, o ministro Marco Aurélio.

Segundo a PF, o senador Aécio Neves comprou apoio político do Solidariedade, por R$ 15 milhões, e empresários paulistas ajudaram com doações de campanha e caixa 2, por meio de notas frias. (...)

Em tempo: Paulinho da Força também é conhecido como Pauzinho do Dantas. Na Bahia, chamam Benito Gama de Benito "grana", não se sabe bem por quê... E o Agripino Maia é o famoso "gripado" da lista de alcunhas da Odebrecht, onde se destaca o Careca, o maior dos ladrões, que, breve, também se encontrará com o Mineirinho na Papuda - PHA

Em tempo2: no dia em que soube da derrota, no apartamentinho em Belô, Mineirinho estava na virginal companhia do "Gripado" e do Luciano Huck, o candidato a Presidente do Itaúúú e do Príncipe da Privataria! Tudo a mesma sopa, diria o Mino Carta! - PHA

Olha o Huck ali atrás... Ele procura o FHC, que estava para chegar...

Em tempo3: Anastasia, o moralista sem moral, foi relator do impeachment da honesta Presidenta Dilma, no Senado... - PHA

No CAf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.