6 de nov de 2018

Bolsonaro quer acabar com reservas indígenas

Foto: Lula Marques
Em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, da Band, o presidente eleito Jair Bolsonaro deixou claro que quer acabar com as reservas indígenas. Ele disse: "se depender de mim, não teremos mais área indígena no país (..) Índio é ser humano igual nós. Ele quer evoluir". Bolsonaro não entende, por exemplo que uma reserva ianomâmi seja "duas vezes maior que o Estado do Rio de Janeiro", o que uma simples consulta a órgãos especializados na questão indígena ligados à pesquisa poderia resolver. 

Ao falar da necessidade de turbinar o agronegócio em seu governo, Bolsonaro reafirmou que não haverá novas demarcações de terras indígenas e que o índio deve ser tratado como 'um ser humano igual a nós (sic)'. 'Ele quer evoluir, quer médico, dentista, internet, carro, viajar de avião. Quando tem contato com a civilização, vai se moldando a outra maneira de viver, que é bem melhor que a dele. O índio não pode ser animal dentro do zoológico. Por que o índio não pode ter liberdade? Se quiser vender a terra, que venda, explore, venda. A Funai participa em laudos para dizer se existe vestígio de índio no terreno. Isso não pode continuar existindo no Brasil".

A reportagem do jornal Valor detalha ainda a ideia que Bolsonaro pretende colocar em prática acerca do tema: "Bolsonaro defendeu ainda a flexibilização de áreas de proteção ambiental para favorecer o turismo e, assim, criar postos de emprego. 'Tudo é estação ecológica', queixou-se, dando como exemplo a região de Angra dos Reis (RJ) - onde já foi multado pelo Ibama por pescar em área de proteção ambiental".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.