5 de out de 2018

FireHoose


A estratégia de fabricar boatos diariamente e depois negá-los, fazendo com que a realidade seja subjetiva, se chama "FireHoose" (mangueira de incêndio - a mangueira passa um largo volume de água rapidamente de forma consistente, por isso a analogia).

A ideia é justamente fazer que o povo não consiga mais acreditar em nenhum fato, que "todo mundo mente" e que só lhe resta escolher a narrativa que mais lhe agrade. Fact checking não serve de nada contra FireHoosing porque ele se baseia em um consenso sobre a realidade, que foi quebrado pelos boatos não adianta jogar fatos contra quem acha que o próprio factcheck é mentira. Eles já se agarraram à narrativa que compraram.

Os políticos não fazem isso à toa. Questionar a própria realidade não é só má fé, é uma demonstração de poder.

"A realidade é o que EU digo que é.

Por isso Bolso, Trump, Putin, Le Pen e outros tantos dizem mentiras descaradas e depois negam que disseram, mesmo com provas de que mentiram. É justamente para desestabilizar o conceito de realidade e fazer o oponente ter a humilhante necessidade de provar que está sendo honesto.

É uma técnica que serve tanto para alienar quanto para desgastar o oponente. Enquanto estamos ocupados provando fatos, eles se ocupam vendendo narrativas. A gente sabe que bolsonarista vota nele pela promessa do que ele é, e não pelo que ele é de fato.

Dessa forma o oponente se mantém perpetuamente numa posição reativa ao invés de proativa. Não tem tempo de vender a própria narrativa nem de se mobilizar com suas próprias pautas.

Quem faz firehoose não tá nem aí para jogar sujo, para eles "os fins justificam os meios".

Quero que se lembrem que eles não se consideram ruins. Eles realmente acreditam que a realidade deles é melhor e mais segura, que Deus vai ficar feliz com isso, que as minorias têm que ser colonizadas mesmo por causa de uma "força maior". Se todo mundo for igual, mais fácil para governar.

A diferença e a diversidade fortalece o povo em todas as áreas possíveis, intelectual, artística, econômica e democrática. Mas é mais difícil de governar, ainda mais com um país continental como o Brasil.

Por isso o uso do fascismo: é um modo de homogenizar à força o povo.

Enfim, esqueçam a ideia de combater fakenews. Apelem para narrativa e para moral, especialmente a cristã, que é lá que tá o verdadeiro embate.

Se eles falam de Deus, reforce que Jesus era amor e perdão.

Se falam de segurança, falem de redenção e educação.

Se falam de moral, lembrem do "não julgarás".

Essa é a galera que acredita no "bem X mal" "deus X satã". Simplificar para entender é da nossa natureza, não é infantilidade, é o que nos fez sobreviver 300 mil anos como bichos sociais.

Simplifique a sua narrativa para quem é simples.

Use fato com os céticos.

Fale de complexidade com quem quer complexidade.

Voces estão jogando tudo no mesmo saco e não entendendo porque não funciona.

É que nem tentar vender um produto pro nicho errado.

Você vai falar para velhinha com osteoporose comprar skate para ela? Não. Mas e se você vender o skate para ela com a narrativa que o neto dela vai gostar?

Sacaram?

Por fim, deixe óbvio para os políticos mentirosos que voces sabem qual a tática deles e pare de jogar como eles querem. Eles estão tentando exercer poder sobre você dizendo que eles podem dobrar a realidade à vontade. Se faça de sonso e use as mentiras deles contra a narrativa deles mesmos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.