25 de out de 2018

De onde vem o ódio


MAIS UMA AMEAÇA À NOSSA LIBERDADE

Companheiros/as de luta e resistência:

Que dias difíceis!

Compartilho com vocês e torno público uma ameaça que sofri ontem, 24 de outubro, dentro de minha sala, compartilhada com outros/as professores/as, no Instituto Latino-Americano de Artes, Cultura e História, da UNILA, onde sou professor das disciplinas estudos linguísticos, português língua estrangeira e análise do discurso.

Encontrei sobre minha mesa, pela manhã, um BILHETE AO LADO DE UM PÃO SECO E CAPINS, como vocês podem ver nas imagens. Está escrito: “Real Academia de Letras Socialistas AH = o alemão” [Que alemão?, quem é A.H.?]. Mais tarde fiquei sabendo que, no dia anterior, a quantidade de capim era muito maior na minha sala sala e no corredor de acesso às salas de professores do ILAACH.

Sinto-me no dever moral e ético de registrar esta denúncia aqui e alhures por eu ser um dos alvos notáveis aos ataques de neonazistas, fascistas, simpatizantes/eleitores do torturador confesso por EU ser AFRODESCENDENTE, BAIANO, NORDESTINO, DEFENSOR DE DIREITOS HUMANOS E SOCIAIS, e SEMPRE ao lado das minorias em direitos e sem sorte de privilégios.

Estamos diante de mais um ataque grave ao papel do professor; estive diante de uma ameaça de cunho simbólico que, se não combatido pelas instituições democráticas e policiais comprometidas com a democracia, pode se desmembrar para outros tipos de violência, como a que culminou na morte de Moa do Catendê, ou ainda em outras mortes e agressões nos últimos dias. Etaremos diante de uma barbárie muito maior se nada fizermos agora, se nós nos SILENCIARMOS e fingirmos que um gesto simbolicamente agressivo e violento, como o que vivenciei ontem, é uma brincadeira de mau gosto, e nada mais, porque não o é. NÃO O É!

Estamos diante da tentativa de calar a voz dos docentes, de professores da educação fundamental ao ensino superior, como eles já vêm fazendo contra jornalistas e outros profissionais comprometidos com a defesa das liberdades. A situação é muito preocupante, porque é um ataque à liberdade de pensamento, de crítica, de opinião e de expressão.

Peço a solidariedade e a resistência de vocês reagindo contra este tipo de violência que me apavora, mas não pode me silenciar, porque EXISTIR agora é um ato de RESISTÊNCIA.

Prof Jocenilson Ribeiro - Linguista – UNILA


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.