24 de out de 2018

Buscas por Bolsonaro no Google despencam após Whatsapp bloquear contas por fake news

Dados do Google comprovam a influência das fake news na campanha de Bolsonaro: após a Folha revelar o esquema industrial de disseminação de notícias falsas ligado a empresas apoiadoras do candidato e o Whatsapp banir milhões de contas suspeitas, buscas pelo nome do capitão da reserva começaram a despencar


Dados do Google Trends, ferramenta do buscador que cria relatórios de busca por temo e período na web, comprovam como as fake news influenciam na popularidade do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).


A partir, exatamente, do dia 19, então, as buscas pelo termo “Jair Bolsonaro” no Google começaram a despencar. Antes do anúncio do Whatsapp sobre o bloqueio de contas, as buscas pelo nome do capitão da reserva tinham atingido um pico de 97 pontos. Logo após a atitude da empresa, as buscas por Bolsonaro caíram para 54 pontos, e se mantiveram em uma média mais baixa desde então.

Confira no gráfico abaixo.


No Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.