7 de set de 2018

Programa do PT avança no ataque a Temer


Com Geraldo Alckmin acuado pela “cobrança” de Michel Temer sobre o fato de sua aliança representar, quase que exatamente, o atual governo, o espaço ficou livre e a campanha Lula/Haddad entrou de cabeça na oposição ao governo golpista, rejeitado por 90% da população, que andava esquecido na campanha eleitoral.

Foi assim o programa da noite desta quinta feira no horário eleitoral

Foi, para usar a linguagem popular “pau puro no Temer”, algo que os demais candidatos, na maioria, não pode fazer e o que pode – Ciro Gomes – não tem tempo para fazer.

É um dado curioso e importante, que não entrou nas contas dos “avaliadores de campanha”:  campanha eleitoral é, essencialmente, governo x oposição.

Nesta eleição, pelo fato de que os candidatos que ainda guardavam, em maior grau, uma situação de antagonismo ou independência em relação ao atual governo, exceto os do PT, não contam com espaço para firmar esta posição, ficávamos numa “água morna” em relação ao governo mais odiado da história do país.

Nos primeiros programas, pela necessidade imperiosa de firmar posição sobre a perseguição judicial a Lula, o programa do PT não pôde fazê-lo.

Agora, que a transição de Lula para Haddad se inicia, a hora chegou.

E dá à coligação do PT praticamente o monopólio de ser contra aquilo que 93%dos brasileiros também são.

Veja o programa do PT na noite de quinta-feira:



Fernando Brito
No Tijolaço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.