18 de set de 2018

Moro reafirma que nenhum valor da Petrobrás foi dirigido a Lula


O juiz da Lava Jato, Sergio Moro, voltou a afirmar que nenhum valor referente a contratos da Petrobrás foi dirigido ao ex-presidente Lula. A constatação foi novamente publicada em uma decisão recente, em que o magistrado rejeita novos argumentos da defesa de exceção de competência, ou seja, de que ele, Moro, não teria competência para julgar processos relacionados a Lula.

"Não há prova de que os recursos obtidos pela OAS com o contrato com a Petrobrás foram especificamente utilizados para pagamento ao Presidente. Mas isso não altera o fato provado naqueles autos de que a vantagem indevida foi resultado de acerto de corrupção em contratos da Petrobrás", declara Moro na nova decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.