19 de set de 2018

Lançamento do filme Chão de Fábrica, de Renato Tapajós, é nessa sexta-feira

Renato Tapajós lança novo documentário, que estará disponível gratuitamente na web


“Chão de Fábrica”, novo documentário dirigido por Renato Tapajós, tem seu lançamento marcado para o dia 21 de setembro, às 18:00, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Narrado pelo ator José de Abreu, o documentário é baseado na série de mesmo nome, feita para televisão em 13 episódios sobre a história do chamado Novo Sindicalismo brasileiro. A partir de uma linguagem clara e objetiva, o filme apresenta um panorama histórico sobre as lutas sindicais e políticas dos trabalhadores, fazendo uma ponte com o contexto histórico que o Brasil enfrenta nos dias atuais.

Tendo em vista o ano de eleições, o intuito dos diretores é instrumentalizar os trabalhadores e trabalhadoras com uma visão crítica sobre a história do Novo Sindicalismo, e as reverberações que ele causou na política da época, e que se estendem até os dias de hoje. Para isso, “Chão de Fábrica” será disponibilizado gratuitamente na web, e poderá ser exibido a data do lançamento nacional. O foco da equipe de produção do filme é a exibição em sindicatos, escolas, universidades e fábricas.

O cineasta e escritor Renato Tapajós é uma das maiores referências do cinema documental do Brasil. Com sua obra, fez uma extensa cobertura sobre as ações da ditadura militar, os movimentos sociais, a luta armada e o sindicalismo nacionais, tendo recebido prêmios em festivais da Alemanha e Cuba. Em “Chão de Fábrica”, Tapajós aplica toda sua experiência de vida e apuro de linguagem para criar um documentário que é um instrumento de politização dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros.

SINOPSE

O filme Chão de Fábrica conta a história da luta dos trabalhadores brasileiros desde 1978 até os dias atuais, com enfoque no movimento sindical, naquilo que ficou conhecido como o Novo Sindicalismo.

Realiza um voo sobre a história do país observando as políticas econômicas dos diferentes governos do período de forma crítica, clara e bem humorada, relacionado-as com a luta sindical.

Chão de Fábrica é um filme sobre o trabalho e os trabalhadores do Brasil e um balanço sobre as alternativas atuais do movimento sindical.



SERVIÇO DO LANÇAMENTO

FILME “CHÃO DE FÁBRICA”

Direção: Renato Tapajós / Hidalgo Romero

Produção: Laboratório Cisco

Documentário, longa metragem, 1h 30 min

Data: 21 de setembro de 2018.

Local: 3º andar do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (R. João Basso, 231 - Centro, São Bernardo do Campo - SP, 09721-100 / (11) 4128-4200)

Horário: 18:00

Gratuito

FICHA TÉCNICA

Produção:
Laboratório Cisco

Direção:
Renato Tapajós

Hidalgo Romero

Narração:
Zé de Abreu

Roteiro:
Hidalgo Romero

Produção Executiva:
Hidalgo Romero
Julio Matos

Produção de base:
Marcelo Felix
Bruna Schroder

Produção de campo:
Alexandre Machado

Direção de Fotografia:
Coraci Ruiz

Som direto:
Julio Matos

Montagem:
André Francioli

com a colaboração de:
Hidalgo Romero
Renato Tapajós

Pesquisa:
Isabela Moura

Consultoria:
Samuel Souza

Trilha sonora:
João Arruda
Marcelo Falleiros

Desenho de som e mixagem:
Guilherme Fiorentini

Colorização:
Tobias Rezende

Assessoria de comunicação:
Lucas Sequinato

Estagiárias:
Marília Dutra
Jéssica Isidoro

Arte Gráfica:
Arthur Amaral

Personagens:
Antônio Carlos Spis
Djalma de Souza Bom
Jair Antonio Meneguelli
Luiz Antonio Medeiros
Olívio Dutra
Vicente Paulo da Silva
Vagner Freitas de Moraes
Andréia Galvão
Armando Boito
Fausto Augusto Jr
Marcio Pochmann
Ricardo Antunes
Wagner Santana
João Felício

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.