6 de set de 2018

Ibope, desmoralizado, solta sua pesquisa mutilada


Recomenda-se passiflorina aos que não tiverem nervos fortes, nos próximos dez dias.

O jogo foi jogado escandalosamente pela Globo e pelo Ibope, divulgando uma pesquisa escandalosamente fajuta, porque dirigida a dar um resultado que não condiz com a realidade política revelada, pelo próprio instituto de pesquisa, ao apontar 37% de preferência por Lula.

Haddad com 6% e um decréscimo de 2% apenas nas respostas não sabe/não respondeu isso significaria que  apenas um em cada seis eleitores de Lula votaria em Fernando Haddad.

É tão ridículo que não pode ser levado a sério.

O jogo é exatamente este: apresentar Haddad como inviável, quando o seu “problema” é exatamente a falta de comunicação de que será o candidato de Lula, a confirmar-se a exclusão do ex-presidente da disputa eleitoral.

Até a pesquisa do XP/Itaú admite que  a transferência para Haddad passa do dobro.

Para iludir o eleitorado de classe média ainda progressista, inflaram Ciro, que não atinge este percentual de 12% em nenhuma pesquisa.

Não tenha ilusões: a guerra mal começou e eles contam começar a vencê-la com o desânimo que injetam com este “desparecimento” dos votos de Lula.

É por isso que não podem divulgar o quanto eles são e são muitos e cada vez mais.

Só têm uma chance de vencerem: aquela em que aceitemos o jogo que jogam.

O fraco morre de véspera, é aquilo com que contam, inclusive nos semeando dúvidas e vacilações.

O melhor candidato “deles” tem apenas um quinto do eleitorado e não consegue atrair o voto dos outros.

Nunca tiveram seu “campeão” com tão poucos votos: nem Serra, nem Alckmin, nem Aécio, nem Marina, como segundo colocado com proporção tão baixa.

Lá em cima, reproduzo a divulgação do Datafolha de 3 de setembro de 2014, para recordar o que eles fazem com os números, para estimular confusões

Ou, talvez, o que terão de fazer rapidamente agora para se adequarem à verdade.

Fernando Brito
No Tijolaço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.