2 de set de 2018

Conversas com José Dirceu


Hoje entrevistei José Dirceu para a TV GGN. Em breve a entrevista, gravada, será colocada.

Mas há algumas informações curiosas passadas por ele, algumas que constam da entrevista, outras nas conversas posteriores.

O caso Visanet

A mais surpreendente é que os advogados dos acusados do “mensalão” só se deram conta de que não havia desvios da Visanet – ponto central da denúncia da Procuradoria Geral da República – depois que o Ministro Ricardo Lewandowski derrubou o sigilo de um dos inquéritos da Polícia Federal, que investigara o caso. Até então, Joaquim Barbosa o mantivera sob estrito sigilo.

O extraordinário dessa história é que inúmeras vezes denunciamos o caso, não com base no inquérito da PF, mas da simples conversa com diretores do Banco do Brasil – que, saliente-se, detestavam Piziolatto, o diretor de marketing colocado pelo PT, mesmo contra a opinião de Luiz Gushiken.

Para abater do imposto a pagar, a Visanet teria que comprovar que as despesas foram efetuadas. Contratou, então, o escritório Pinheiro Neto para uma auditoria que comprovou o uso integral dos R$ 75 milhões em ações de divulgação da marca.

A “vaquinha” do PT e Gilmar

Outra informação é sobre o período em que o garantista Gilmar Mendes era o Ministro que mais denúncias levantava contra o PT. O “mensalão” impôs multas elevadas a José Dirceu e Delúbio Soares. Foi feita uma vaquinha virtual. Sem ter uma prova sequer, Gilmar denunciou que a vaquinha era estratagema para lavagem de dinheiro. A Polícia Federal foi colocada no encalço das pessoas que colaboraram.

Chegaram até uma senhora que depositara R$ 40 mil para Delúbio. Foi intimada a depor. Ela mostrou comprovação de renda, mas a PF insistia em saber a motivação da contribuição. E a senhora esclareceu:

- Ele é casado com minha filha.

Outro advogado, de Belém do Pará, professor de direito de diversos delegados da PF, também foi intimado a justificar uma contribuição a José Dirceu, para constrangimento dos seus ex-alunos.

A lembrança é importante para mostrar que o processo de criação do clima de desestabilização política foi longo, e com contribuição decisiva de Gilmar Mendes – hoje em dia, o mais corajoso dos Ministros contra o estado de exceção.

Luís Nassif
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.