28 de set de 2018

Acho improvável que o Brasil caminhará para um desastre total


O ex-ministro José Dirceu disse, em entrevista divulgada pelo El País nesta quarta (26), que o PT não vai apenas ganhar a eleição, mas "tomar o poder".

A declaração foi feita após o jornal perguntar se é possível Fernando Haddad sair vitorioso das urnas e sofrer um golpe, como aconteceu com Dilma Rousseff, por conta de uma conjuntura que envolveu ativismo judicial, judicialização e criminalização da política, questionamento do resultado de 2014 pelo PSDB, crise econômico, entre outros fatores.

"Acho improvável que o Brasil caminhará para um desastre total. Na comunidade internacional isso não vai ser aceito. E dentro do país é uma questão de tempo pra gente tomar o poder. Aí nós vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar uma eleição", disse Dirceu.

O petista, indultado no Mensalão, mas às voltas com a Lava Jato sob Sergio Moro, avaliou que, ao contrário do que a direita esperava, esta eleição vai mostrar que a esquerda, mais precisamente o PT, não foi soterrado pela criminalização e perseguição de Lula. Isso representa uma "derrota histórica" para a oposição ao partido.

"O PSDB principalmente, que é o partido mais rejeitado hoje, vai ser um desastre eleitoral, o Temer, o DEM, que também está caminhando para ter um péssimo resultado eleitoral. De certa maneira, há um sentimento de que houve uma injustiça com Lula, que o Lula é perseguido.(...) Então acho que eles perderam. Historicamente acho que é a maior derrota que a direita já teve no Brasil", disse.

Para Dirceu, "Bolsonaro é o Temer mais a regressão de comportamento cultural e o autoritarismo não democrático" e, apesar de liderar as pesquisas de opinião agora que a candidatura de Lula foi barrada pela Justiça, "não tem maioria no país para as ideias dele."

No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.