21 de ago de 2018

Otávio Frias morre e deixa um legado de ódio


Morte de um inimigo é sempre um desafio pra urbanidade.

Se eu fosse uma pessoa muito boa, eu lamentaria a morte e me ateria ao lado bom do morto que, claro, como todo ser humano ele o tem;

Mas não sou uma pessoa muito boa e, portanto, me limito ao espaço da decência civilizatória e lamento o sentimento de dor dos familiares e sou solidário a eles;

Quanto ao morto, vai levando consigo a responsabilidade de ter sido um dos mais ativos militantes do retrocesso e da barbárie social que a sociedade brasileira vive atualmente. Tavinho fez muito contra os pobres, jogou todo o peso de sua imprensa marrom contra os mais desvalidos, os mais necessitados. Vai e deixa um profundo rastro de ódio sulcado na alma e nos corações de seus seguidores.

Parafraseando o nonno Fernando Morais, "A famiglia Frias é inimiga do povo e assim deve ser tratada"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.