21 de ago de 2018

Chapa Lula-Haddad lidera relevância no Twitter


O debate na RedeTV!, a liminar do Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre a candidatura do ex-presidente Lula e iniciativas do Twitter para conter uso de ações coordenadas e distorções na rede foram os eventos de maior influência no ecossistema das eleições no período entre 10 e 17 de agosto. Na primeira semana depois da inscrição das candidaturas na Justiça Eleitoral, as métricas da pesquisa da AJA Solutions indicam que a chapa Lula-Fernando Haddad conquistou a maior fatia de relevância e visibilidade (R&V), chegando a mais de 33% do total.

Em 2º lugar no ranking da AJA, a chapa Jair Bolsonaro-General Mourão, que perdeu R&V depois do debate na TV, em que o embate do deputado com Marina Silva teve elevada relevância no Twitter. A posição dela e as respostas a ele foram o principal impulsionador da relevância dela no Twitter na semana. Além de menor eficiência no debate em relação à semana anterior, Bolsonaro, diferentemente dos demais, não tem a contribuição do vice na campanha nas redes – o general não tem conta no Twitter.

A surpresa da semana foi a chapa João Amoêdo-Christian Lohbauer (Novo), que ficou em 3º lugar no ranking de R&V no Twitter, consolidando ganhos das semanas anteriores. A mensagem de Amoêdo vem ganhando ressonância nas redes desde o fim de julho e ele vem consistentemente ficando acima do patamar de relevância – a partir do qual a mensagem do candidato tem ressonância e potencial para persuadir potenciais eleitores no ecossistema das eleições no Twitter. A mensagem de Amoêdo vem atraindo diferentes perfis, e já é possível notar, pela análise métrica e qualitativa, a presença de seguidores de Bolsonaro entre os usuários que vêm se engajando com o candidato do Novo. Lohbauer, o vice de Amoêdo, tem pequena contribuição para a visibilidade dos dois na rede.

As métricas apontam que a chapa do PT foi impulsionada pelo anúncio de que o Conselho da ONU disse que o Estado brasileiro deve garantir ao ex-presidente o exercício de todos os direitos políticos mesmo que na prisão. Os tuítes do próprio perfil de Lula sobre a liminar do Conselho da ONU contribuíram para aumentar a fatia de R&V da chapa, que recebeu o reforço dos tuítes de Haddad, Manuela D´Ávila (PC do B) e Guilherme Boulos (PSOL) – todos com alta ressonância na rede.

A chapa Marina Silva-Eduardo Jorge aparece em 4º lugar no ranking da semana, impulsionada pela participação dela no debate na TV. Ele tem um desempenho discreto no Twitter e pouco contribuiu para a fatia de R&V da chapa. Guilherme Boulos-Sonia Guajajara (PSOL) ficam em 5º, impulsionados pela eficiência da comunicação dele, mas que também tem a contribuição dela no trabalho de buscar engajamento com a mensagem deles no Twitter. Entre os candidatos com melhor desempenho nas pesquisas eleitorais, a chapa Ciro Gomes-Katia Abreu(PDT) ficou em 6º, seguidos de Geraldo Alckmin-Ana Amelia Lemos.

(…)

Maria Luiza Abbott e Marcelo Stoppa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.