24 de jul de 2018

Vídeo que ironiza censura do Facebook a museus vale para milícias religiosas do Brasil

'Policiais da mídia social' impede que um visitante do museu veja uma pintura com nus
Agentes de turismo de Flandres (região norte da Bélgica) produziram um vídeo [abaixo] de humor onde agentes do "Fbi" (policiais do Facebook) proíbem visitantes de museus a verem determinadas pinturas.

É uma paródia à censura do algoritmo do Facebook que tem deletado posts com programas de turismo com reprodução de pinturas barrocas onde aparecem nus e mulheres voluptuosas.

Uma das pinturas deletada foi a de Jesus nu sendo retirado da cruz, de Peter Paul Rubens (1612-1614).

Para o algoritmo, trata-se de uma "indecência" que não pode ser difundida naquela rede social.

O Facebook prometeu aos museus encontrar uma solução.

Se fosse de verdade, a “polícia de mídia social” teria o total apoio das milícias religiosas brasileiras, porque elas também agem para censurar obras tidas como ofensivas à moral, família e cristianismo. Corpo nu não pode.

O vídeo do "Fbi" é uma brincadeira para mostrar o ridículo do algoritmo de Mark Zuckerberg, mas no Brasil tem havido gravação de manifestações que não têm nada de engraçadas e são uma afronta à liberdade de expressão.

Em setembro de 2017, por exemplo, um sujeito gravou um vídeo [ver abaixo] acusando o Santander de promover “sacanagem” e “putaria” ao patrocinar em Porto Alegre a exposição “Queermuseu”, onde havia referências "desrespeitosas" ao cristianismo.

O Santander se acovardou e cancelou a exposição.

O algoritmo do Facebook pode ser aperfeiçoado, fazendo-o reconhecer as obras de arte, mas a cabeça deste pessoal das milícias religiosas não vai mudar nunca.

Assim, o que tem de ser feito, no Brasil, é haver respeito pelas leis, como a que estabelece direito à liberdade de opinião, e punição para quem achar que pode impor seus dogmas à sociedade.





No Paulopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.