15 de jul de 2018

The Economist critica venda da Embraer para Boeing


A venda da Embraer para a Boeing vem se provando um péssimo negócio não só para o Brasil por questões nacionais e de soberania, mas, é uma tragédia para o próprio mercado de aviação. O periódico dedicado ao mercado financeiro é uma das publicações mais fiéis ao liberalismo ou neoliberalismo e, mesmo assim, não poupa em críticas.

Segundo a matéria “Airbus and Boeing are tightening their hold on the Sky” (Airbus é Boeing estão diminuindo ou apertando o céu), o fusão de operações entre a Airbus e Bombardier, bem como a compra da Embraer pela gigante americana Boeing, levou o mercado aéreo à monopolização dos ares. De fato, o mercado de aeronaves passa a ser dominado por duas gigantes que atuam em todos os seguimentos do mercado, desde o militar ao aeroespacial.

Com esse “duopólio”, como a matéria diz, fazendo alusão jogo de tabuleiro Monopoly, cujos jogadores saem comprando tudo e lutando pelo monopólio do mercado imobiliário, a competição vai morrer e o mercado deixará de ser liberal.

Aliás, o que não se discute é que esse liberalismo competitivo tem o caminho óbvio para a concentração do mercado, pela lógica de que é mais fácil fundir e criar mega corporações que competir entre si ganhando muito menos. O tempo e a globalização vem provando que a tendência do capitalismo é fundir e dominar, já que sua lógica principal é o acúmulo de capital. Megacorporações ganham mais, dominam mais, acumulam mais, Barganham mais e controlam a política nacional com mais facilidade. A mão invisível do mercado não existe.

Nesse sentido, a “The Economist” também falha ao reclamar do que é óbvio, já que defender o mercado é defender o “destino manifesto” das empresas e corporações, que é fundirem até criar o monopólio, como forma de acumular ainda mais capitais.

A venda da Embraer é um desastre em vários sentidos, até para o próprio mercado.

Fábio St Rios

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.