19 de jul de 2018

Presidente do Poder Judiciário do Peru renuncia após escândalo de corrupção


O presidente do Poder Judiciário do Peru, Duberlí Rodríguez, renunciou ao cargo por meio de uma carta dirigida ao juiz-chefe da Suprema Corte de Justiça, em meio a grave crise decorrente de escândalos de corrupção.

"Dada a crise institucional pela qual o Poder Judiciário está passando, eu apresento a minha renúncia irrevogável ao cargo de Presidente do Judiciário", disse Rodriguez na carta.

Rodriguez disse que "as razões para sua decisão" irão explicá-las em maior detalhe em uma sessão extraordinária na Câmara Plenária do Supremo Tribunal de Justiça.

O sistema judicial peruano foi abalado por um grave escândalo desde a semana passada.

Uma série de investigações jornalísticas, baseadas em interceptações telefônicas, revelou diversos acordos de juízes, membros do Conselho Nacional da Magistratura, políticos e empresários, que negociaram favores políticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.