21 de jul de 2018

Jovem empreendedora dá exemplo e abre negócio próprio


Num país de jovens indolentes e preguiçosos, que vivem à custa do estado, recebendo bolsa-família, ProUni, Fies, e outras esmolas dadas pelo governo para ficarem na mais absoluta indigência e ociosidade, uma jovem donzela, munida somente de senso empresarial e da vontade de produzir, deu o exemplo para os milhões de brasileiros, que se negam a abrirem seus próprios negócios para serem sustentados pelos pais e pelo país.

Foi num tradicional almoço de domingo que Isabela, em meio ao caviar e ao foie-gras,  resolveu a criar sua própria marca de cosméticos veganos. No mesmo ano, com um pequeno empréstimo de R$ 300.000,00 do pai e do avô (hum Aloyso), ela abriu a do zero sua empresa, que hoje é sucesso mundial, dando provas de competência, brilhantismo e sagacidade, mostrando a direção aos demais jovens brasileiros, que não sabem aproveitar as oportunidades e não investem no próprio futuro.

Se cada jovem fizessem o mesmo esta seria a maior nação capitalista do planeta e com certeza lideraríamos o mundo livre, mas infelizmente os brasileiros perdem tempo com a vida nas favelas, no subemprego ou nos cursos de formação marxistas nas universidades, sendo praticamente improdutivos, constituindo um fardo para a nação carregar, ao invés de seguirem este belo exemplo e empreenderem para se tornarem alguém na vida. Uma lástima!

Prof. Hariovaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.