31 de jul de 2018

EUA confirmam terem drones assassinos em base africana


O Comando dos Estados Unidos para a África admitiu que começou a empregar drones letais na nação centro-africana do Níger no início deste ano.

Samantha Reho, porta-voz do Comando da África, disse à Associated Press que a decisão foi tomada em coordenação com o governo do Níger para "melhorar nossa capacidade combinada de responder a ameaças e outras questões de segurança na região". Ela disse que aeronaves armadas de inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR na sigla em inglês) começaram a voar no Níger no início de 2018.

Os drones armados estão atualmente implantados na Base Aérea Níger 101, na capital do país, enquanto aguardam a conclusão da nova Base Aérea 201 fora de Agadez, no norte. A nova base custou US$ 110 milhões.

Segundo o The New York Times, existem cerca de 800 militares dos Estados Unidos no Níger.

O Sahel enfrenta ameaças extremistas, incluindo combatentes ligados à Al-Qaeda em Mali e Burkina Faso, combatentes afiliados do grupo Daesh no Níger, Mali e Nigéria e o Boko Haram, com sede na Nigéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.