5 de jun de 2018

Tacla Durán manda Diogo Mainardi “parar de chilique”: “Eu te vi no Gero”

Em seu depoimento à Câmara dos Deputados, Rodrigo Tacla Durán falou de Diogo Mainardi, um dos donos do site O Antagonista, vazador oficial da Lava Jato, e das empresas de comunicação PVR Marketing e Propaganda e Empiricus como exemplos de casos citados por delatores que não são investigados.

A consultora Empiricus é sócia do Antagonista.

“Não sei se é o caso de proteção ou não, mas trata-se de seletividade. Há o caso do jornalista Diogo Mainardi, do Antagonista, que foi delatado por um funcionário de alto escalão da Odebrecht que é o Henrique Valadares. Nós não vimos nenhuma investigação aberta contra o jornalista ou contra a PVR ou contra a Empiricus aberta em Curitiba”, disse Tacla.

“Existem pagamentos mapeados por perícias da Polícia Federal e o próprio video do Henrique Valadares que envolve o jornalista e isso nunca foi investigado”.

Mainardi escreveu uma nota reclamando que foi “caluniado pelo doleiro foragido Rodrigo Tacla Durán”.

No Twitter, o ex-advogado da Odebrecht mandou-o “parar de xilique”. “Você sabe que eu te vi no Gero”, acusa.

No pé desta nota, Henrique Valladares, ex-vice-presidente da construtora, conta sobre Mainardi.




No DCM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.