5 de jun de 2018

Pesquisa do Poder360 não vale nada

O que vale a pesquisa divulgada pelo site brasiliense que mostra crescimento de Bolsonaro?

A resposta é: nada.

O site Poder360, para quem não sabe, é aquele criado por um repórter demitido da Folha e que, ao não conseguir se viabilizar vendendo informação política para o mercado, passou a operar no ramo da agitação de direita. Tornou-se notório ao fazer escândalo com o fato de que uma universidade "paga pelo governo" (sic) estava estudando o golpe. Sua "divisão de pesquisas" não apresenta sequer equipe responsável. A pesquisa foi feita por telefone, o que fere as melhores práticas das sondagens de intenção de voto. Não há como assegurar a seriedade ou a qualidade técnica dela.

Mais importante do que isso é o fato de que o site decidiu excluir o nome de Lula (embora, no momento, ele seja tão pré-candidato quanto qualquer outro). Afirma candidamente que "optou" por colocar Haddad como candidato do PT. Só com isso já mostra que aí tem gambiarra.

É verdade que dificilmente permitirão que Lula seja candidato. Mas esse é o dado central da corrida eleitoral no momento: o fato de que uma arbitrariedade está deixando órfã uma boa metade do eleitorado. No atual momento, a quatro meses da eleição, quando o quadro de candidaturas não está nem definido, uma pesquisa não é uma simulação da votação. É uma tentativa de perscrutar o que anda pela cabeça do eleitorado. Ao apagar a existência de Lula, a enquete do Poder360 condenou-se definitivamente à irrelevância.

Luís Felipe Miguel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.