19 de jun de 2018

Identificado o terceiro imbecil que envergonhou o Brasil na Rússia


Atenção: identificado o terceiro homem que aparece no vídeo (de camisa preta) assediando uma mulher na Rússia: Luciano Gil Mendes Coelho, acusado de improbidade administrativa, já foi preso em operação da Polícia Federal por desvio de dinheiro.

As repórteres Nayara Azevedo e Nathália Amaral apuraram que o homem é engenheiro e tinha cargo na prefeitura de Jaicós, no interior do Piauí.

Luciano Gil é ex-inspetor do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (CREA-PI) e foi preso em uma operação que desarticulou esquema de desvio de dinheiro público por meio da fraude em licitações na prefeitura de Araripina, Estado do Pernambuco, em maio de 2015.

O vídeo viralizou no último fim de semana e mostra um grupo de torcedores brasileiros induzindo uma estrangeira a falar da cor da sua vagina. A mulher repete a frase em português sem saber o que está falando.

O primeiro identificado foi o ex-secretário de Turismo de Ipojuca (PE), Diego Valença Jatobá, que teve pedido de bloqueio de conta por dever pensão alimentícia e foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Pernambuco por irregularidade em contratos da Secretaria.

O outro homem reconhecido no vídeo é Eduardo Nunes que é policial militar em Lages (SC). Em nota, a Polícia Militar afirma que "a corporação abrirá um processo administrativo disciplinar para apurar a conduta irregular do militar".

The Intercept Brasil
No Esquerda Caviar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.