22 de jun de 2018

Defesa de Lula nega Estadão e diz que não pediu prisão domiciliar


A defesa de Lula afirmou em nota que não fez pedido de prisão domiciliar para o ex-presidente ao Supremo Tribunal Federal ou a qualquer outra instância.

“O ex-presidente Lula está pedindo nos recursos dirigidos aos Tribunais Superiores o restabelecimento de sua liberdade plena porque ele jamais praticou qualquer ato ilícito. A condenação imposta ao ex-presidente pelo juiz Sérgio Moro e pelo TRF4 afronta a Constituição Federal e a lei. A defesa de Lula não apresentou ao STF ou a qualquer outro Tribunal pedido de prisão domiciliar."

A resposta foi dada à matéria do Estadão divulgada na noite de quinta (21), sob a manchete: "Lula quer prisão domiciliar caso STF negue pedido de liberdade". O jornal afirma que a defesa de Lula entregou à segunda turma do STF um "memorial" com pedido para que, caso Lula não seja solto, que tenha a pena revisada ou substituída por medidas alternativas, como a domiciliar.

Ainda segundo a nota da defesa de Lula, será solicitado à Vice-Presidência do TRF4, nesta sexta (22), "que não pratique qualquer ato que possa configurar tratamento diferenciado ou que possa prejudicar o julgamento que o STF fará na próxima terça-feira (26/6).”

Na semana que vem, a segunda turma do Supremo vai julgar se Lula pode ter a pena suspensa até que o caso triplex seja concluído em todas as instâncias. 

Ao STF e Superior Tribunal de Justiça a defesa de Lula também encaminhou recursos especial e extraordinário.

Lula está preso em Curitiba há mais de 2 meses.

No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.