20 de jun de 2018

Brasileiro autista de 16 anos é uma das vítimas de Trump


A brasileira Maria de Bastos foi separada do neto adolescente de 16 anos, que é autista e tem severos ataques epilépticos, depois que atravessou a fronteira americana, pedindo asilo. Apesar de ter o pedido inicialmente atendido, ela foi detida e o menino enviado a um abrigo a 3.500 quilômetros de distância; história se soma à de pelo menos oito crianças brasileiras que foram separadas dos pais ao atravessarem a fronteira com os EUA

"É só uma vez por semana, no sábado, que a brasileira Maria de Bastos fala com o neto com quem viajou aos EUA, por telefone" informa Estelita Hass Carazzai, na Folha.

"A avó foi separada do adolescente de 16 anos, que é autista e tem severos ataques epilépticos, depois que atravessou a fronteira americana, pedindo asilo. Apesar de ter o pedido inicialmente atendido, ela foi detida e o menino enviado a um abrigo a 3.500 quilômetros de distância. A história se soma à de pelo menos oito crianças brasileiras que foram separadas dos pais ao atravessarem a fronteira com os EUA, segundo informou o consulado brasileiro em Houston".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.