24 de jun de 2018

“Bahia branca” da novela “Segundo Sol” da Globo não empolga moradores do estado

Globo sofreu derrota histórica na última semana ao perder para a Record no horário cheio, de 7h à meia-noite


Criticada ainda antes da estreia, a novela das 21h da Rede Globo, Segundo Sol, não arrebatou o público da Bahia, estado onde a produção é ambientada. O Ibope da novela anda patinando na casa dos 23 pontos. Se não é um fracasso, está longe de poder ser chamada de sucesso. A novela tem garantido a liderança isolada no horário, mas longe do trilho dos 30 pontos, usual para uma produção no horário nobre.

E para piorar, a audiência aquém do esperado imprimiu à Globo uma derrota histórica. A emissora perdeu para a Record no horário cheio, da 7h à meia-noite, na última semana.

A novela sofreu severas críticas da militância do movimento negro por apresentar um elenco branco em um estado majoritariamente formado por pretos e pardos. Depois da estreia, a população da Bahia mostrou não ter se envolvido em peso pela produção. Houve uma grande fuga de espectadores que acompanharam a novela anterior, “O Outro Lado do Sol”, ambientada em Palmas, Tocantins. Os últimos capítulos da trama de Walcyr Carrasco registraram impressionantes 49 pontos em Salvador. Segundo Sol começou na casa dos 30 pontos, mas foi perdendo força semana a semana, até chegar aos 23 pontos dos últimos dias.

“A Globo faz com a Bahia o que já costuma fazer quando faz novela nas favelas cariocas: o embranquecimento da população local. Se eles fazem isso no estado onde é a sede da emissora, não iriam fazer diferente numa produção ambientada em Salvador”, disse o baiano e morador do Rio de Janeiro, Ed Junior.

A novela garante resultados favoráveis à Globo longe da Bahia. No Sul e Sudeste a novela vai bem. No Rio, alcança 34 pontos de audiência.

Os números do Ibope em Salvador foram divulgados pelo site Notícias da TV do portal UOL.

Cadáver ao vivo

O tão falado padrão de qualidade global não foi encontrado na última semana no telejornal local da emissora. Um cadáver foi mostrado ao vivo em uma reportagem policial, para espanto dos telespectadores da emissora.

Até mesmo uma notícia que se revelou uma inverdade ocupou muitos minutos do jornalismo da Globo. A reportagem ao vivo mostrava o que teria sido o local da queda de uma aeronave. A reportagem avisava que pretendia acompanhar a localização dos tripulantes. Alguns minutos depois, o assunto sumiu do noticiário depois de muito alarde. Mais tarde, fontes oficiais informaram que não houve qualquer acidente aéreo na região.

No Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.