8 de mai de 2018

Procurador federal é preso com drogas e tenta subornar policiais em Ipanema


Ricardo Marques tentou jogar cápsula com pó branco dentro de pia de um quiosque na praia nesta quarta-feira. Depois, ele ofereceu R$ 300 para ser solto

Um procurador federal foi preso com drogas após tentar subornar policiais militares, na madrugada desta quarta-feira, na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, Zona Sul do Rio. Os PMs faziam um patrulhamento pela orla da praia quando encontraram dois suspeitos em um quiosque. Segundo a corporação, Ricardo Marques de Almeida, de 35 anos, tentou jogar uma cápsula com pó branco dentro de uma pia do local.

Os policiais apreenderam a embalagem e prenderam Ricardo. No entanto, no momento em que estava sendo levado para a delegacia, o procurador alegou que estava passando mal e pediu que a guarnição parasse em um posto de gasolina. Os agentes permitiram, mas, na volta, ele ofereceu R$ 300 para ser solto. Ricardo foi preso por corrupção ativa e levado para a 14ª DP (Leblon).

Os PMs que não aceitaram o suborno são o cabo Claudio Loureiro Ribeiro e o sargento Luciano Magalhães Nunes, ambos do 23º BPM (Leblon). Policiais contaram em depoimento que o procurador “estava cheirando cocaína perto do número 4560, próximo ao Sofitel”. O procurador foi levado para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e seguiu para a Polinter. Segundo a polícia, o procurador não quis prestar depoimento na delegacia.

No O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.