1 de mai de 2018

Ingleses mostraram como se combate o fascismo


Oswald Mosley gostava de usar sempre ternos e roupas em tons escuros. Com cabelos sempre muito bem aparados, Mosley reproduzia uma ideia de austeridade, que se chocava com sua posição na sociedade inglesa. Sir Oswald Mosley era de um estrato social abastado, mas dirigia seus discursos contra a "corrupção" que "assolava" a Inglaterra nos anos 30, notadamente contra os mais pobres. A corrupção denunciada por Mosley não se restringia às denúncias no meio político, era uma corrupção da "pátria", corrupção "humana" ao qual ele definia como "maior problema da Inglaterra".

No dia 04 de outubro de 1936, ele reuniu cerca de 10 mil correligionários da BUF e marchou COM O APOIO DA POLÍCIA evocando o "fim da corrupção", "uma pátria inglesa para ingleses", a expulsão de migrantes e a "restauração da Inglaterra" contra "tudo o que está aí".

Gritando "No pasarán" (em espanhol mesmo), cerca de 300 mil pessoas, entre imigrantes irlandeses católicos, judeus, trabalhadores portuários, membros dos partidos trabalhista e comunista, mulheres e crianças, avançaram furiosamente contra Mosley e seus policiais provocando um massacre que se chamou "Cable Street Battle".

Foi assim, que a civilizada e moderna Inglaterra conseguiu vencer o fascismo na década de 30 e manter-se como único país europeu a combater Hitler, do início ao fim.

Veja, não foi defendendo a "não violência" e acusando os resistentes de "vândalos". Não foi "dando espaço e liberdade de expressão" aos fascistas nem aceitando a ordem de Estado, ali simbolizada pela polícia que apoiava Mosley.

BUF significa British Union of Fascists, mas poderia significar Movimento Brasil Livre. Eles usavam camisas negras, mas poderiam estar usando verde e amarelo. Mosley tinha se casado na Alemanha, com Hitler indo à cerimônia e lhe dando presentes, mas poderia ter sido uma premiação de uma revista ou uma empresa de televisão. Mosley era "Sir" mas poderia ser um juiz qualquer a ser endeusado combatente da "corrupção" e "defensor do país".

Cable Street Battle deveria ser conhecida da "esquerda" que hoje prega "respeito" aos movimentos fascistas no Brasil. A civilizada Inglaterra soube como manter-se a salvo, deveríamos com ela aprender.


Fernando Horta
No Esquerda Caviar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.